Acne e consumo de chocolate: qual a relação?

Chocolate ocasiona e/ou piora a acne? A resposta é: depende… O cacau, matéria-prima do chocolate, não é o grande vilão; seu consumo não é responsável pelo surgimento de espinhas.

O surgimento ou agravamento da acne está relacionado com a ingestão de alimentos que possuem alto índice glicêmico, isso é, alimentos ricos em carboidratos (açúcares), que estimulam a produção de fatores hormonais que estão envolvidos no surgimento / agravamento da acne. É o caso dos derivados de leite e dietas ricas em gorduras, que também são responsáveis por aumentar a produção de sebo na pele e ainda ocasionam uma resposta inflamatória do organismo – o que também resulta no surgimento de espinhas.

O chocolate ao leite e o chocolate branco, por exemplo por possuírem maior quantidade de leite e açúcares, são os mais envolvidos no aparecimento / agravamento de lesões.  Já o chocolate amargo, rico em cacau não está envolvido nesse processo; inclusive ele é rico em flavonoides, que são potentes antioxidantes e têm papel importante no combate aos radicais livres no organismo.

Dessa forma, chocolates mais amargos com alto teor de cacau além de não fazerem mal à pele, também fazem bem para saúde – no geral.

Portanto, não é todo chocolate que predispõe ao surgimento da acne.

Fonte: publicado originalmente no Blog Letra de Médico, Veja.com. Imagem: iStockphoto/Getty Images, via Veja.com.