Pele de bebê requer cuidados especiais durante o inverno

 

tQd6oBt4c9mf-yZ33n-6qREn0iPAbNP1sUY9_FzrEDffd3RQFgeOfuCW7aIU1enidycZNZkubQMdeN8=w1328-h526

 

 

A baixa umidade que o inverno traz já causa ressecamento na pele de adultos, imagina o que não acontece com a pele de bebês que é muito mais sensível. Se não forem tomados certos cuidados podem aparecer complicações como descamação e lesões na pele. A dermatite atópica, que se manifesta por placas vermelhas e que coçam bastante, costumam surgir em qualquer parte do corpo ou localizadas nas dobras do pescoço, joelhos e cotovelos.

 

Sempre preocupada em cuidar do bem estar de seus paciente, a Dra. Adriana Vilarinho reuniu algumas dicas para cuidar desses pequeninos que tanto amor trazem para as famílias. Confira!

 

Roupas: evite tecidos sintéticos, como o náilon e a lã que causam alergia. Prefira tecidos 100% algodão e os vista em camadas. Body, calça e macacão são um trio perfeito. Também não deixe de usar luvinhas e gorros.

 

Banho: assim como os grandinhos, a recomendação é evitar banhos demorados e quentes, para não acarretar em ressecamento. E não deixe de usar cremes indicados pelo pediatra para garantir uma boa hidratação.

 

Aquecedor: mesmo com as temperaturas mais baixas, tente não usar um aquecedor, pois eles diminuem a qualidade do ar. A saída é vestí-los com pijamas mais quentinhos e utilizar um umidificador, evitando problemas respiratórios típicos do inverno.

Mas o mais importante é sempre consultar sua dermatologista  em caso de dúvida!

 

 

>> Veja outras reportagens:

9 dicas para cuidar da pele em viagens para lugares frios

Como proteger a pele no inverno

Pele saudável começa com cuidados diários