Como minimizar e tratar a queda capilar

A queda de cabelo afeta tanto as mulheres quantos os homens. Ela pode ser causada por diversos fatores, mas os mais comuns são a genética –se alguém da sua família tem o problema, aumentam as chances de você sofre com ele — e a baixa imunidade.  Estresse, oleosidade do couro cabeludo, deficiências nutricionais e alterações hormonais também reforçam seu aparecimento.

Os fios de cabelos são responsáveis, entre outras coisas, pela proteção contra a radiação solar e diminuição do atrito com a pele. Na maioria dos casos, cada pessoa possui em torno de 100 mil fios de cabelo. Desses, são esperados que caiam entre 100 a 200 por dia –mas essa quantidade pode variar muito de pessoa por pessoa.

A queda de cabelo não tem idade específica para começar a acontecer. Como ela depende de vários fatores, a principal orientação é buscar ajuda de um especialista ao perceber o problema –que pode ser identificado por um maior número de fios no travesseiro ao acordar, na escova de cabelo ou no ralo do banheiro, por exemplo.

Algumas dicas para amenizar a perda capilar:

  1. Opte por usar xampus anti-queda regularmente, de preferência recomendado pelo seu dermatologista;
  2. Controle o estresse: procure fazer atividades que relaxam e trazem sensação de bem-estar, como praticar esportes, meditar, ler um livro, ter um hobby;
  3. Mantenha uma alimentação equilibrada, rica em frutas, verduras e legumes, para evitar déficits nutricionais.

Se perceber uma queda de cabelo excessiva, não hesite em consultar seu dermatologista. Somente um profissional especialista em tricologia poderá recomendar produtos, medicamentos e procedimentos para cada caso.

Há tratamentos de estimulação, feitos com laser, que ajudam a minimizar o problema. Para casos mais graves e com indicação de um dermatologista, já existem opções de cirurgias para transplante e implante capilar.

Portanto, para qualquer queixa capilar, procure seu dermatologista.

Fonte: publicado originalmente no Blog Viva Bem do UOL.