Saiba quais são as melhores formas de combater as estrias

 

zebra

 

Eles são pequenos, mas aqueles risquinhos rosados, ou brancos, que costumam aparecer em barriga, seios e bumbum é o pesadelo de muita gente. As estrias surgem a partir da distensão da pele – geralmente na fase de crescimento, gravidez ou ganho de peso de forma muito rápida – e, infelizmente, não têm cura.

A Dra. Adriana Vilarinho explica que o surgimento  das estrias está lifado à genética, alterações   ganho de peso e que para evitá-las é fundamental manter uma alimentação balanceada; praticar atividade física regular; evitar oscilações de peso; beber muita água e hidratar bem a pele.

Vilarinho também fala que, apesar de não ter cura, as marquinhas mais recentes (rosadas e roxas) podem ser minimizadas com usos de creme à base de ácido retinóico, prescritos por um profissional, e tratamentos com peelings, luz pulsada e lasers como o CO2 fracionado e 1540. Já os risquinhos brancos, mais antigos, respondem ao processo de forma mais lenta.

Não esqueça de procurar sua dermatologista, pois somente ela saberá quais tratamentos deverão ser utilizados em cada caso.

 

>> Veja outras reportagens:

 

Estrias: as cores dos problemas

 

Lute contra as estrias

 

Por que fazer peeling